Segunda-Feira, 26 De Maio de 2014 15:37

Bailarinos da ACES

Postado por 
Classificar este artigo
(0 votos)

Nove bailarinos de comunidades vão representar o Brasil no exterior. Crianças e jovens formados pela Ação Comunitária do Espírito Santo (ACES) vão para o Miami City Ballet e o Joffrey Ballet School de Nova York, duas das maiores companhias de dança do mundo.

Nos próximos dias 14 e 28 de junho, nove bailarinos de diferentes comunidades pobres do Espírito Santo, oriundas do projeto social Pequenos Talentos da ACES, vão embarcar rumo a duas das maiores escolas de dança dos Estados Unidos: dois jovens, de 19 e 21 anos, vão para o Joffrey Ballet School, em Nova York, onde treinarão nove horas diárias, durante 15 dias. Os outros sete bailarinos, entre 9 e 13 anos, vão mostrar seus passos no Miami City Ballet, com maratona diária de seis horas de treino, por duas semanas.

“Alguns deles têm grandes chances de serem convidados a voltar às escolas como alunos regulares e não só para o curso de verão. Eles têm justamente o que os americanos procuram: biotipo esguio, uma determinação típica das pessoas que não têm tantas oportunidades e a alma de artista, um conceito subjetivo, mas que é facilmente observado por quem está acostumado a selecionar. A ideia é que depois desta experiência de duas semanas, eles voltem ao Brasil e possam ser preparados, técnica e emocionalmente, para voltarem aos Estados Unidos, como alunos regulares”, diz Alice Arja, representante do Miami City Ballet na América Latina.

Ler 1526 vezes